Magnum 70 anos: Cristina Rodero conversa com Nana Moraes
Na próxima segunda-feira, dia 24/04, às 19h30, dentro das comemorações dos 70 anos da Magnum, o Ateliê da Imagem recebe Cristina Rodero para um bate-papo com a fotógrafa Nana Moraes. Cristina Garcia Rodero, primeira espanhola a entrar para a prestigiosa Agência Magnum, mostrará seus trabalhos mais conhecidos e premiados e também apresentará uma retrospectiva e a trajetória da presença feminina na Magnum, desde sua fundação até os dias atuais e o impacto de seus respectivos ensaios na fotografia contemporânea.

Cristina Rodero nasceu em Puertollano, Espanha. Estudou pintura na Universidade de Madrid e começou a fotografar em 1969 nos meios acadêmicos. Um ano depois decidiu estudar fotografia na escola de artes plásticas e desenho da mesma cidade. Em 1973 começou um trabalho de investigação das festas, tradições e rituais pagãos e religiosos na Espanha. A partir de 1989 colabora com a agência francesa Vu. O Getty Center for the History of Art and the Humanities de Santa Mônica compra, em 1992, cerca de 6000 fotografias relacionadas com religiosidade, cultos, ritos, festivais, tradições e vestuário popular de Espanha. Em 2001, foi selecionada

por Harald Szeeman para participar na Bienal de Veneza. Repetiu a presença na mesma bienal em 2005. Recebeu diversos prêmios, entre eles o prestigiado Prêmio W. Eugene Smith Foundation e o Prêmio Nacional de Fotografia da Espanha. Em 2007 tornou-se fotógrafa Associada da cooperativa de fotógrafos Magnum. 

O bate-papo tem entrada gratuita e serão distribuidas senhas a partir das 18:30. Vagas limitadas sujeitas à lotação do espaço.

Whaterfall, da série Rituais no Haiti, 2001 © Cristina Garcia Rodero/Magnum Photos



 postagem enviada por Ateliê da Imagem

Comentários