ME ILUMINO IMENSAMENTE - por Giovanni Campisi / ilustração: Clevane Pessoa

ME ILUMINO IMENSAMENTE

Lua
tu que iluminas
a beleza
de toda a natureza
cuida de mim
que estou no campo
onde alegre e cansado
descanso debaixo da figueira
e olhando para as estrelas
vejo entre aqueles
as primeiras das
sete mais bonitas
teu belo rosto
e me ilumino de imenso.

© Giovanni Campisi
confira o original em italiano


M'ILLUMINO D'IMMENSO

Luna
tu che illumini
la bellezza
di tutta la natura
veglia su di me
che sono al campo
dove allegro e stanco
riposo sotto il fico
e guardando le stelle
vedo tra quelle
le prime delle
sette più belle
il tuo bel volto
e m'illumino d'immenso.

© Giovanni Campisi

poema e ilustração enviados pelos autores

Comentários

Anônimo disse…
sensível o poema.
Pamela
artesanal livros disse…
COMENTÁRIO DEIXADO NO FACE POR CLEVANE PESOA

Que belo, um poema de delicado lirismo e amor.
Fico honrada em que meu desenho o ilustre.
Vou enviar-te outros. Grata por publicares Abraços.Clevane