BATE-PAPO: LITERATURA MARGINAL Chacal e Santiago Nazarian - 5ª edição do Festival Literário de Iguape (FLI)


Ser marginal pode carregar a contradição de tornar-se o centro de uma discussão. Do movimento que rompe a tradição e com ele carrega questionamentos dos modos literários de produção e escrita vigentes, Chacal, um dos maiores expoentes da literatura marginal desde a década de 70, conversa com o romancista Santiago Nazarian, “existencialista bizarro”, autor de livros como “Biofobia”, “Feriado de Mim Mesmo” e do volume de contos “Pornofantasma”.

26/05
20h30 às 22h
BATE-PAPO: LITERATURA MARGINAL
Chacal e Santiago Nazarian
Mediação: Reynaldo Damázio

Tenda da Praça da Basílica
Praça da Basílica - Centro Histórico
5ª edição do Festival Literário de Iguape (FLI)
Confira toda a programação - clique aqui

postagem enviada por Silvia Pontes

Comentários