Pular para o conteúdo principal

AVESSOS - por ADRIANE LIMA E ORLANDO BONA FILHO

E quantas vezes dissemos:
o Avesso é nosso melhor lado !
O reverso, nunca um porto seguro,
nunca uma identidade.
InVersos criamos inúmeros poemas de amor
e desamor.
Nossa sintonia não se explica por sermos
poetas diferentes
em nosso jeito de poetar, mas, basta nossas
mãos se juntarem e somos
um terceiro a gritar por nós.
Nasce da luz das estrelas, Asas de Borboletas, levezas em poemas concretos.
Fomos, somos atemporais.
Almas marinheiras, sempre a navegar
Somos nós, quatro mãos em poesia
somos nós, duas almas em sintonia

poéticos, amigos, irmãos,
cúmplices de risos e lágrimas
calmarias, tempestades
fomos e seremos únicos em
caminhadas, onde jamais
haverá solidão.
....somos AVESSOS a qualquer despedida 
....Adriane Lima e Orlando Bona Filho 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.