Pular para o conteúdo principal

MULHERES - por EMANUEL MEDEIROS VIEIRA - ilustração Edvaldo Rodrigues da Silva

                 
              MULHERES
                             (Prosa Poética)
      EMANUEL MEDEIROS VIEIRA

E eras luz – morena, negra, loira (sempre mulher), eras tantas.
Afago, doçura, ânsia, inquietude, espera, lágrima – e olhavas o mar num dia de outono.
Eu queria te entender.
Eras muitas, e na multiplicidade eu queria encontrar – em ti – o paraíso (finito).

Paixões, dores de cada dia, o rosto liso na juventude – e o tempo escoando, passando por cima de todos nós, invernos, verões, outonos, primaveras – sempre em frente, até a Terceira Margem do Rio.
Serenamente bela na maturidade.
Antes, muito te procurara.
E encontrara labirintos, pedaços de enigmas.
Carregamos dúvidas, como pianos pesados.
Onde estás?
E lembrava-me de Jean Anouilh (1910–1987):
“Há o amor, claro. E há a vida, sua inimiga (...).
No mais pleno exílio interior, não estava em Paris,
mas no Brasil, “com uma luneta virada para o Atlântico.”

(Salvador, fevereiro e março  de 2017)

Freud perguntou: “O que querem as mulheres?”
O querem todos os seres humanos.
Amor para todos.
(Eis a minha terrestre reivindicação.)
Eis que posso proclamar: Viva o teu dia!
E repito o bardo inglês: “E por amor de ti, em guerra o tempo enfrento:

Quanto ele te em ti suprime, é  quanto te acrescento”.

textos e ilustração enviados pelos autores

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.