Pular para o conteúdo principal

RETALHOS - Hilda Plácido

VIDA   ( 1 )


Levam-me as areias do tempo.
Difícil meu caminhar.
Reto, curvo, subida, descida.
Andei, andei sem terminar.
Só o amor me leva neste meu andar.
Um dia finda
o meu caminhar.
E na estrada vazia
nada a esperar.

VIDA ( 2 )
 A espera é o ranço,
a velhice da Alma.
Por isso não espera,
não espera o Tempo.
Deixa que o vento te leve
através do deserto.
Deixa a vida fluir...
fluir...


Costelas Felinas - livros e revistas artesanais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.