SIMPLESMENTE DIZERES - Gualther de Alenquer

Obra de caráter literário, criada sob um espírito de espontaneidade e objetivada a fazer o leitor refletir sobre uma diversificada gama de temas, cuja poética muito favorece um olhar sobre as origens campestres, bem como sobre o pensar de outros temas mais universais e abstratos.

Gualther de Alenquer

“Orar”


O orar que oro agora
Não é uma oração do dizer
É mais uma oração do ver
E se orar é também querer
Minha prece é também de sonhar

O orar que oro agora
Não é marcado em um tempo
Não é só um orar de lamentos
E tem mais sorrisos que dor

O orar que oro agora
É mais que um orar de lembranças
É um ato que fica de herança
E é mais que a expressão de um ter

O orar que oro agora
Não é o orar de um nome
É de quantos se valem do bem
É de tudo que se cabe num amém
E é um culto que dou a você


adquira diretamente com o autor
Costelas Felinas - livros e revistas artesanais

Comentários