Pular para o conteúdo principal

TOCANDO ESTRELAS EM PARAÍSO - Iracema Ananias*

Ira por Ira
                                                    Sou  Iara do Ivaí - herança das águas do rio de minha infância. Sou Ira e sou Cema. Ira é mais forte. Sou muito mais Ira! Lembro de Ira Von Fürstenberg, a mulher mais bonita depois de Ava Gardner. Quando menina, sonhava ser linda como elas,  mas eu era uma curumim...
      Sou uma índia italiana. Sou ítalo/tupini-quim. Criada em liberdade, fugindo de boi bravo, comendo fruta empoleirada nos galhos e nadando nos riachos. Não poderia ser Fürstenberg nem Gardner. Sou Giglio/Ananias, sou Brasil, sou Iara, sou irada, sou Ira!
      Caminhante, pisei com reverência o chão batido dos casebres e com displicência os  assoalhos encerados.   Em meus sonhos, caminhei sobre  telhados, arvoredos e gramados...
      Continuei caminhando.  A vida não deteve meu caminhar. Em minhas andanças, feri pés e coração. As cicatrizes, considero como troféus!
      Percorri minha terra sentindo-me forasteira, às vezes. Andei por muitos caminhos e veredas. Acampei em lugares insólitos e conheci a   diversidade de meu país.
      Em terras alheias, usei rotas alternativas:  explorei os Everglades na Flórida e  Óbidos  em

 Portugal. Na França, fiz piquenique à beira das estradas.Vi os pinguins no Canal de Beagle e os glaciares da Patagônia. Colhi flores em Bariloche, Calafate, Ushuaia e no vale do rio Jordão. Fotografei o sorriso de uma menina beduína no deserto da Judéia e lambi o sal do Mar
Morto. Na Itália, respirei enxofre na cratera do Vesúvio.
      Continuo caminhando. Minha vida é um  eterno recomeçar...  por   Iracema Ananias*

Costelas Felinas - livros e revistas artesanais

Comentários

Anônimo disse…
Gostei muito de sua apresentação.
Uma maneira legal de conhecer um pouquinho o autor
Pamela Andrade

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.